Super mês do turista!

Ofertas imperdíveis para você aproveitar o seu mês! Passagens Aéreas com até 35% OFF!

10 melhores coisas para ver e fazer em Lisboa (Portugal)

Lisboa é uma daquelas cidades que sabe combinar o espírito de uma metrópole moderna com uma cultura milenar e uma história rica. Repleta de locais de interesse, a capital de Portugal conta contos romanos e mostra uma herança mourisca, tudo envolto num ambiente boémio. Quer seja uma pausa na cidade ou uma viagem mais longa, certifique-se de incluir estas 10 melhores coisas para ver e fazer em Lisboa na sua lista de desejos.

DICA

Compre um Lisboa Card que varia de 24 a 72 horas. Esses passes oferecem entrada gratuita para muitos dos principais museus e atrações da cidade, bem como uso gratuito de transporte público.

1. Castelo de São Jorge

O marco mais visível do centro histórico de Lisboa, o Castelo de São Jorge ergue-se alto e poderoso, com vista para o antigo bairro de Alfama. Esta impressionante cidadela vigia os arredores há mais de 2.000 anos, que remonta à época romana. Restaurado e reconstruído pelos governantes subsequentes de Lisboa, agora exibe paliçadas destemidas e torres crenuladas que embelezam o fosso seco circundante.

Uma visita obrigatória para todos os amantes de história, mas seu charme medieval também pode conquistar os românticos. Marcando a força monárquica do país, é uma das melhores coisas para ver em Lisboa.

Castelo de são jorge

2. Ande no bonde 28

Tal como Roma, Lisboa está construída sobre sete colinas. E, assim como São Francisco, é famosa por suas linhas de bonde barulhentas.
O mais icônico é o bonde 28, uma carruagem histórica que sobe pelas ruas íngremes, porém pitorescas, de paralelepípedos do antigo bairro de Alfama.

Comece a sua viagem abaixo da verdejante serra da Graça e desfrute da subida em curva em direcção aos becos das Escolas Gerais.
Observe os moradores vivendo sua vida agitada na cidade que se transforma na tranquilidade dessas ruas. Somente aqui você terá a chance de ver décadas de história se desenrolando bem na frente de seus olhos.

Bonde de lisboa

 

3. Padrão dos Descobrimentos

Por falar em história, uma atração que não pode faltar em Lisboa é o Padrão dos Descobrimentos.
Situado na margem do Estuário do Tejo, este grande monumento esculpido em pedra é um testemunho das grandes descobertas portuguesas durante a Idade das Explorações. Enfeita a margem norte do rio desde a década de 1960, homenageia figuras lendárias como Vasco da Gama e o Príncipe Henrique o Navegador, aventureiro do Grande Mar de Areia.

Marco do Padrao dos Descobrimentos

4. Torre de Belém

Depois de admirar o importante marco histórico, dê um passeio até à foz do rio Tejo para descobrir mais uma das melhores coisas para ver em Lisboa. A Torre de Belém se eleva bem acima da orla marítima dos cais de Lisboa; um edifício imponente que apresenta uma verdadeira fusão do estilo mudéjar mourisco com elementos arquitetónicos românicos e góticos. Construída no século 16 sob o patrocínio de São João, é um dos marcos mais emblemáticos da capital. Na verdade, a torre é famosa como a última vista que exploradores como Vasco da Gama teriam visto enquanto saíam da costa para o vasto Oceano Atlântico.

Torre de Belém - Rio Tejo

5. Museu Nacional do Azulejo

Portugal é famoso por muitas coisas, incluindo excelentes azulejos de cerâmica. É por isso que o Museu Nacional do Azulejo, denominado Museu Nacional do Azulejo na sua língua local, deve estar na sua lista.

Traçando a importante história da fabricação de azulejos e documentando suas tecnologias associadas desde o seu nascimento até os dias modernos, o museu impressiona com uma coleção única de cerâmicas características em tons de azul. Os motivos encantadores que adornam as superfícies dos ladrilhos de cobalto podem derreter até os corações mais resistentes, e aqui terá a oportunidade de ver todos os estilos, designs e tamanhos destas maravilhas tradicionais portuguesas.

Azulejo português em Lisboa

6. Mosteiro dos Jerónimos

Aninhado junto às margens do Rio Tejo, o Mosteiro dos Jerónimos atrai pelas suas torres ornamentadas e aparência poderosa. Um dos Patrimônios Mundiais da UNESCO na cidade, é a prova da época mais gloriosa de Portugal, a Era das Explorações. Construído em estilo manuelino, o mosteiro é, na verdade, uma fusão de vários projetos arquitetônicos. Testemunho vivo das culturas trazidas pelos exploradores de Lisboa, este local é um marco imperdível.

Mosteiro Dos Jerônimos

7. Oceanário de Lisboa

Erguida sobre sete colinas mas em estreito contacto com o oceano, Lisboa não poderia deixar de ter um Oceanário. Nascendo nas águas azuis do Estuário do Tejo, este é um dos melhores locais para passar uma tarde tranquila.
Com inúmeras exposições de vida marinha, o Oceanário de Lisboa atrai milhares de visitantes todos os anos.
Se você deseja ver coleções coloridas de corais e anêmonas do mar, pinguins fofinhos, baiacu ou moreias, existem algumas espécies interessantes para descobrir aqui.

Para uma experiência alternativa, alugue um pedalinho e explore as águas rasas da lagoa artificial – uma experiência romântica para os pombinhos e divertida para as famílias.

O Oceanário de Lisboa

8. Ouça Fado

O bairro de Alfama é um daqueles lugares atemporais onde o antigo e o moderno se entrelaçam. Um passeio pelas suas ruas sinuosas e irregulares é uma das melhores coisas para fazer em Lisboa e, enquanto estiver por aqui, não perca um autêntico espectáculo de Fado.
Tradicional em Lisboa, esta música pode ser altamente emocional, e assistir a um show é uma das experiências mais emocionantes que se pode ter na cidade.

Banda tocando fado tradicional

9. Experimente a Ginjinha

Lisboa também é conhecida pelo requinte gastronómico que inclui o famoso pastel de nata e a popular Ginjinha.
Este licor típico é feito de uma baga parecida com cereja. Doce mas delicioso, é servido com uma cereja em um wafer de chocolate, uma escolha que adiciona ainda mais doçura a esta saborosa experiência.

Fácil de encontrar em muitos cafés pela cidade, é o mais popular no A Ginjinha, um histórico bar aberto localizado perto do Teatro Nacional Doña Maria II no bairro do Rossio.

Ginjinha Tradicional, Portugal

10. Feira da Ladra

Como a maioria das metrópoles modernas, Lisboa mostra seu espírito boêmio em seus mercados de pulgas. Talvez a mais importante seja a Feira da Ladra, um local onde pode polir as tuas habilidades de pechincha enquanto descobre joias raras e souvenirs únicos.

Este mercado no meio da semana e no fim de semana é um dos mais antigos da Europa, datando do século XII. Reunindo bugigangas peculiares, bem como antiguidades valiosas, atrai moradores, turistas curiosos e colecionadores ávidos.
De fácil acesso com o icônico Tram 28, é uma daquelas experiências imperdíveis se você deseja descobrir a autêntica alma desta cidade.

Mercado de pulgas

Resumo

Misturando milénios de cultura com um estilo de vida contemporâneo, Lisboa é um daqueles locais que penetra fundo no coração e aí permanece para sempre. Depois de visitá-lo, sua magia agirá como um ímã, arrastando você de volta e outra vez. Se você não acredita, adicione esses marcos à sua lista de desejos, reserve uma viagem e prepare-se para se divertir. Poderá também querer ler as nossas sugestões de coisas a saber quando visitar Lisboa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *