Super mês do turista!

Ofertas imperdíveis para você aproveitar o seu mês! Passagens Aéreas com até 35% OFF!

10 melhores e mais bonitos lugares para visitar na Bélgica

A Bélgica é um pequeno país com uma grande personalidade. Este reino na Europa Ocidental é um destino de viagem subestimado. Mas não se deixe enganar pelo tamanho, pois a Bélgica tem muito a oferecer. E não estamos falando apenas de comida – embora olá, batatas fritas, chocolate, waffles e cerveja!

Esteja você em busca de arte e cultura ou uma experiência de aventura ao ar livre, a Bélgica tem algo para todos. De cidades elegantes a vilarejos charmosos, e de praias de areia a montanhas escarpadas, você terá muitas opções quando se trata de escolher o seu itinerário.

Com tantas vistas deslumbrantes e locais emocionantes para escolher, por onde começar? É por isso que escolhemos os dez lugares mais bonitos para visitar na Bélgica para ajudá-lo a planejar sua próxima viagem.

1. Bruxelas

Bruxelas não é apenas a capital da Bélgica, mas também a capital de facto da Europa. É a sede de muitas organizações europeias importantes. Como resultado, Bruxelas é uma cidade incrivelmente internacional e multicultural. Políticos e diplomatas de todo o mundo tornaram-se seus e transformaram a cidade em uma metrópole movimentada. Mas, embora Bruxelas seja conhecida como uma cidade de burocratas, também é um destino turístico popular.

Bruxelas tem uma história rica com uma bela arquitetura de vários períodos. Da famosa praça central com seu imponente Grande Palácio a elegantes mansões do século 19. E de edifícios art nouveau peculiares aos arranha-céus modernos do distrito comercial. Bruxelas também é uma cidade de arte, com muitas galerias aproveitando os preços de aluguel relativamente baixos em comparação com a vizinha Paris. E quem pode esquecer a famosa estátua de Manneken Pis, o menininho que urina?

Bruxelas, Bélgica
Foto 142918156 © Tomas1111 | Dreamstime.com

2. Antuérpia

Onde Bruxelas é só negócios, Antuérpia é toda divertida. A capital da região flamenga é a segunda maior cidade da Bélgica. Antuérpia também possui o maior porto do país e a posição comercial crítica enriqueceu a cidade no século XVI. Durante esse tempo, Antuérpia também se tornou um centro de arte e cultura.

Antuérpia é conhecida como a cidade dos diamantes, devido à sua posição crucial no comércio de diamantes. O historicamente ortodoxo distrito de diamantes judaico ainda processa 85% dos diamantes brutos do mundo. Encontra-se perto do edifício mais bonito de Antuérpia: a estação ferroviária central. Esta linda estrutura gótica é carinhosamente apelidada de catedral ferroviária.

Para saber mais sobre a história da Antuérpia, visite o museu MAS. Os amantes da arte terão sua chance na Rubens House, onde o famoso pintor belga viveu. Antuérpia também é um excelente destino para as rainhas das compras, com lindas butiques de estilistas e, claro, diamantes.

Grote Markt em Antuérpia à noite
Foto 84255621 © Mapics | Dreamstime.com

3. Ghent

Gante não é a maior cidade da Bélgica, mas é uma das mais amadas. Tanto os locais como os turistas sucumbem imediatamente ao encanto desta bela cidade. Do lindo centro da cidade medieval aos bares e boutiques da moda, Ghent é uma visita obrigatória na Bélgica.

Ghent é uma cidade universitária com uma população relativamente jovem. Como resultado, a cidade tem uma atmosfera animada, uma vida noturna divertida e uma cena artística vibrante. Nunca há um momento de tédio em Ghent!

Explore o centro histórico da cidade com sua impressionante arquitetura gótica, porto encantador e um castelo real, por exemplo, em um dos lindos bondes aquáticos. A Catedral, que abriga o famoso quadro “A Adoração do Cordeiro Místico”, também merece uma visita. Depois disso, passeie pelas ruas de paralelepípedos de Patershol para comer em um dos pequenos restaurantes da moda.

Ideia de tour

Ghent na Bélgica

4. Bruges

Bruges pode ser o lugar mais bonito da Bélgica e é, sem dúvida, o mais famoso! Esta cidade de conto de fadas atrai cerca de 8 milhões de turistas anualmente. Nada mal para uma cidade com uma população de pouco menos de 120.000 habitantes. Como resultado de sua popularidade, Bruges luta com o excesso de turismo, especialmente nos meses de verão. Para uma experiência mais relaxante, visite Bruges fora de temporada. A cidade é particularmente charmosa no inverno, com uma verdadeira atmosfera das maravilhas do inverno e iluminação festiva.

Caminhar por Bruges é realmente como voltar no tempo. A cidade medieval interior é uma das mais bem preservadas da Europa e é considerada Patrimônio Mundial da UNESCO desde 2000. É difícil escolher quaisquer marcos específicos em tal riqueza de beleza, mas a Igreja de Nossa Senhora, a Basílica do Holy Blood, a praça do mercado e o campanário do século 13 são absolutamente imperdíveis.

Junte-se a um dos muitos passeios ou visite o Museu Histórico para aprender mais sobre a história de Bruges. Ou explore a cidade sozinho e mergulhe em cada ruazinha que vir, pois há muitas joias escondidas para descobrir.

Bruges à noite
Imagem por @mikecleggphoto

5. Mechelen

Ao chegarmos a algumas das cidades menos conhecidas da Bélgica, Mechelen é uma recomendação pessoal. É uma pequena cidade adorável com um belo centro histórico. A curta distância até Antuérpia torna-o um ótimo local para uma viagem de um dia ou à tarde.

Ao entrar no centro da cidade, sua primeira parada é o Grote Markt. Esta encantadora praça do mercado está repleta de marcos históricos como a Prefeitura e muitos cafés bonitos. Mechelen está repleta de arquitetura e igrejas medievais, das quais a Catedral é a mais impressionante. O campanário inacabado oferece uma bela vista da cidade. Também vale a pena dar um passeio ao longo do canal e pelo Begijnhof e seus inúmeros pátios. Os amantes da arte apreciarão uma visita ao Museu da Cidade em Hof ​​van Busleyden.

Arquitetura Mechelen
Foto 119566843 © Flaviu Boerescu | Dreamstime.com

6. Leuven

Como muitas cidades belgas, Leuven possui uma variedade de arquitetura medieval. A Prefeitura do século 15, ricamente decorada, é a coroação da cidade. Você pode participar de um passeio diário para aprender mais sobre esta obra-prima gótica. O Beguinage do século 13, um Patrimônio Mundial da UNESCO, também merece uma visita.

Leuven é também o lar de uma das melhores universidades da Bélgica, especialmente quando se trata de artes e humanidades. A Universidade Católica de Leuven tem muitos edifícios bonitos, mas a biblioteca é particularmente impressionante e abriga uma exposição permanente sobre a história da cidade.

A Bélgica tem uma cultura de cerveja antiga e fabrica algumas das melhores cervejas do mundo. Em Leuven, você pode visitar a cervejaria da famosa marca Stella Artois. Ou sente-se para tomar uma bebida na praça do mercado, que tem a maior fileira de bares da Europa.

Prefeitura de Leuven, Bélgica
Foto 193121795 © Elroce | Dreamstime.com

7. Spa

Um dos destinos turísticos mais populares da Bélgica é a pequena cidade de Spa. Suas fontes naturais produzem a mundialmente famosa água mineral “Spa”. É também a casa do Grande Prêmio da Bélgica, o primeiro concurso de beleza do mundo em 1888 e um dos cassinos mais antigos da Europa.

Mas, além de alegações peculiares de fama, Spa é uma cidade turística extremamente popular. Desde o século 14, as pessoas se aglomeram aqui para desfrutar dos supostos benefícios à saúde da água de nascente natural. O nome da cidade tornou-se sinônimo de bem-estar, saúde e hidroterapia. Visitar os banhos termais modernizados é a principal atração turística, mas há muito mais para ver e fazer aqui.

A cidade também é cercada por uma bela natureza, perfeita para longas caminhadas e passeios de bicicleta. O Parc 7 Heures era um lugar popular para passear e definitivamente merecia uma visita. No topo da colina existe um funicular com vista para a vila, bem como um museu surpreendentemente interessante sobre a história da lavandaria. Para saber mais sobre a história do Spa, visite o Musée de la Ville d’Eaux.

Cidade de Spa, Bélgica
Foto 200038126 © Napa735 | Dreamstime.com

8. Dinant

Dinant é um lugar importante na história da Bélgica. Descobertas arqueológicas sugerem que as pessoas habitaram a região ao longo do Vale do Meuse desde a Idade da Pedra. Ao longo dos tempos, Dinant foi ocupada por diferentes forças, uma vez que se encontra ao longo de uma rota comercial europeia vital. Traços de todas essas influências ainda são visíveis hoje.

Em meados do século 19, Dinant se tornou um destino popular para pintores e artistas. Não é difícil imaginar como a cidade pitoresca e as paisagens extensas os inspiraram. Quando você chega em Dinant, o passeio ribeirinho imediatamente chama sua atenção. As casas coloridas e a impressionante Catedral oferecem uma recepção calorosa aos turistas. Elevando-se acima de Dinant, fica a velha cidadela no topo de um penhasco.

Há muito para ver e fazer em Dinant, desde visitar castelos e desfrutar da natureza até passear pela cervejaria Leffe e pelo museu do saxofone.

Dinant na Bélgica
Foto 184381484 © Dmitry Rukhlenko | Dreamstime.com

 

9. La-Roche-en-Ardenne

As montanhas Ardenne são um dos lugares mais populares e bonitos da Bélgica. A região montanhosa é coberta por uma densa floresta e é popular para atividades ao ar livre, como caminhadas, mountain bike e rafting.

La-Roche-en-Ardenne é uma pequena cidade na região de Ardenne e a base perfeita para férias de aventura ao ar livre. A vila histórica é apelidada de A Pérola do Ardenne e fica muito movimentada no verão. Um pequeno trem turístico leva você pelos pontos turísticos, como o castelo La-Roche-en-Ardenne e o Parc a Gibier, uma reserva natural com animais selvagens e um zoológico.

Outros destaques são o museu de história local, as cavernas Hotton e, claro, a bela natureza.

La Roche en Ardenne
Foto 44801521 © Sergey Dzyuba | Dreamstime.com

10. Durbuy

Durbuy pode parecer uma vila, mas se considera a menor cidade do mundo. A cidade obteve os direitos oficiais de cidade em 1331, e o lema inteligente é um dos motivos pelos quais é popular entre os turistas. Durbuy também é incrivelmente pitoresca e bonita. O centro histórico bem preservado da cidade remonta ao século 17 e parece algo saído de um conto de fadas. Principalmente graças ao encantador castelo, que infelizmente é propriedade privada e não está aberto à visitação.

Mas há muito para ver e fazer em Durbuy. Escale a torre de observação para ver a cidade de um ângulo diferente. Há também um belo parque com topiárias, um museu de arte moderna e um labirinto de milho. Os viciados em adrenalina irão desfrutar de uma visita ao Adventure Valley Durbuy, e para os amantes da gastronomia há muitas iguarias locais para saborear.

Durbuy, Bélgica
Foto 100207994 © Nikolai Sorokin | Dreamstime.com

Resumo

Com tantos lugares bonitos para visitar na Bélgica, é uma maravilha que o país não seja um destino turístico internacional maior. Aproveite e visite as subestimadas cidades, vilas e maravilhas naturais da Bélgica enquanto pode. Enquanto saboreia um pouco de cerveja artesanal e muito chocolate é claro!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *