Super mês do turista!

Ofertas imperdíveis para você aproveitar o seu mês! Passagens Aéreas com até 35% OFF!

Guia para planejar uma viagem às Ilhas Galápagos

As Ilhas Galápagos, no Equador, oferecem vida selvagem e paisagens como nenhum outro lugar do planeta. Arquipélago formado por 18 ilhas principais, é um patrimônio mundial duplo, pois tanto a terra quanto o mar são protegidos. Verdadeiramente um paraíso da biodiversidade, a falta de predadores naturais significa que você terá a chance de conhecer a fauna única de perto e pessoalmente. Com cada ilha apresentando sua própria paisagem única, de rochas vulcânicas a praias de areia branca, Galápagos é realmente um destino sul-americano imperdível.

Aqui está o seu guia para planejar uma viagem às Ilhas Galápagos.


Sobre as Galápagos

Localizada no Oceano Pacífico, a cerca de 1000 km da costa do Equador, Galápagos consiste em 18 ilhas principais, três menores e dezenas de ilhotas minúsculas. Uma série de erupções vulcânicas formou as ilhas entre 3 e 5 milhões de anos atrás. A área ainda está vulcanicamente ativa.

Provavelmente o visitante mais famoso que as ilhas já viram foi Charles Darwin, que como um jovem naturalista, passou 19 dias estudando a vida selvagem do arquipélago em 1835. Sua famosa teoria da evolução nasceu aqui – e ele também foi o responsável por apresentar das Ilhas Galápagos para o resto do mundo. Hoje em dia, a maioria dos visitantes são turistas, ansiosos para ver sua famosa biodiversidade em primeira mão e vivenciar encontros com animais de perto.


O que fazer nas Galápagos

  • Observação da vida selvagem: A iguana marinha, a tartaruga gigante, o atobá de pés azuis, o albatroz e os pinguins são apenas algumas das muitas espécies únicas que vivem nas Galápagos devido ao seu isolamento e à falta de predadores. A ilha de Floreana é um paraíso da vida selvagem em si mesma, cheia de flamingos, pinguins, leões marinhos e até praias de areia preta.
  • Mergulho: Os mares também estão repletos de vida selvagem. Veja tubarões-martelo, tubarões-baleia, raias-águia, grandes cardumes de javalis e muito mais.
  • Snorkel: Gostaria de nadar ao lado de leões marinhos e tartarugas marinhas do Pacífico? Isla Lobos e Kicker Rock são perfeitas para uma boa sessão de mergulho com snorkel.
  • Caiaque: Tortuga Bay, em Santa Cruz, oferece ótimas oportunidades para a canoagem.
  • Caminhada: Veja como é a lava seca e chegue perto de vulcões ativos com uma caminhada. Boas opções são Sierra Negra, que apresenta a segunda maior cratera do mundo, e Isabela, a maior ilha que abriga 6 vulcões colossais.
Equador Galápagos Praia da Ilha de Santa Fé Leões marinhos Via G Adventures
Leões marinhos da praia da Ilha de Santa Fe do Equador Galápagos – Imagem via G Adventures

Quando ir

Embora não haja época ruim do ano para visitar Galápagos, no final das contas, isso dependerá do que você deseja experimentar. A estação quente vai de dezembro a maio, com temperatura média de 30 ° C. O mar também fica mais calmo e quente durante esses meses, o que o torna a época perfeita do ano se você estiver atrás de algumas sessões de mergulho com snorkel de qualidade. O verão também significa época de acasalamento para pássaros, leões marinhos e tartarugas marinhas.

Se você procura uma vegetação exuberante, planeje sua visita de fevereiro a abril, quando a ilha estiver em plena floração. Esses meses também são bons para observar filhotes de leões-marinhos.

A estação mais fria vai de junho a novembro, quando a corrente de Humboldt é responsável pelas temperaturas mais frias da água. Mergulhadores experientes acham que é a melhor época para visitar, porque águas mais frias significam vida marinha incrível, como tubarões-martelo e tubarões-baleia.

 


Como chegar lá

Para chegar às Ilhas Galápagos, você terá que voar até Quito, capital do Equador. De lá, pegue um voo curto para as ilhas para a maneira mais fácil e rápida de chegar lá. Como você tem que voar para Quito, no entanto, uma rápida parada lá não irá decepcionar. Desfrute de uma escala repleta de cultura, com sua impressionante arquitetura colonial, belos mercados, comida tentadora e um lindo centro histórico.


O que levar para Galápagos

  • Sapatos fechados para caminhadas e caminhadas em solo de rocha vulcânica.
  • Sandálias ou tangas fáceis para a praia.
  • Protetor solar de alta qualidade e resistente à água, já que o sol de Galápagos pode ser bastante prejudicial – afinal, ele fica na linha do Equador.
  • Um chapéu para proteção solar.
  • Se você vai no inverno e planeja fazer snorkel ou mergulho, considere levar uma roupa de neoprene grossa. As temperaturas do mar podem ficar baixas devido à corrente de Humboldt, por isso é melhor prevenir do que remediar.
  • Repelente de insetos para se proteger de doenças relacionadas aos mosquitos.
  • Capas de chuva e protetores de chuva para suas câmeras. Isso é especialmente essencial se você estiver visitando Galápagos durante a estação chuvosa.
  • Equipamento para mergulho com snorkel.
  • Notas menores caso você não consiga encontrar um caixa eletrônico. Embora a maioria dos lugares aceite cartões de crédito, é útil ter dinheiro, pois é comum dar gorjetas. Observe que a moeda oficial do Equador é o dólar americano.
  • Sua câmera e possivelmente uma lente telefoto longa para que você possa tirar fotos da vida selvagem sem perturbá-los.
Cardume de peixes subaquáticos de Galápagos - Via G Adventures
Cardume de peixes subaquáticos de Galápagos – Imagem via G Adventures

Faça uma viagem única na vida

Os amantes da natureza e da aventura terão o melhor momento de suas vidas com uma visita às Ilhas Galápagos. É um destino único na vida, que lembra a preservação da vida selvagem natural. Entre suas majestosas paisagens vulcânicas e sua fascinante flora e fauna, o arquipélago é um dos lugares mais deslumbrantes para se visitar no mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *